Câncer na Garganta

O Câncer na Garganta

O Câncer de garganta é uma doença que acomete as cordas vocais, caixa vocal (laringe) e outras regiões da garganta. Ocorre quando as células se tornam anormais, se dividem e continuam a se dividir, sem nenhum controle ou ordem. Esse tipo de câncer é um dos mais difíceis de tratar, porém são mais facilmente evitados.

A garganta é um tubo muscular de aproximadamente 5 polegadas, iniciasse por trás do nariz e termina no pescoço.  Sendo assim, câncer de garganta é um termo geral, que se aplica ao câncer que se desenvolve na garganta (câncer da faringe) ou na caixa de voz (câncer de laringe). A garganta e a caixa de voz estão intimamente ligados, com a caixa de voz localizado logo abaixo da garganta.

Tipos de Câncer na Garganta

O câncer de garganta é subdividido em grupos, câncer de nasofaringe, câncer orofaríngeo, câncer de hipofaringe (câncer laringofaríngeo), câncer glótico, cancro supraglótico e câncer subglótico.

O câncer nasofaringe atinge a nasofaringe, parte da garganta que fica atrás do nariz. No câncer orofaríngeo, a orofaringe é atingida, ela localiza-se na garganta na parte atrás da boca que inclui as amídalas. O câncer hipofaringe (câncer laringofaríngeo) começa na hipofaringe (laringofaringe) que fica na parte inferior da garganta, logo acima do esôfago e traqueia.  O câncer glótico acomete as cordas vocais. O cancro subglótico começa na porção superior da laringe e inclui um cancro que afeta a epiglote, que é um pedaço de cartilagem evitam blocos alimentares de entrar na traqueia.  O câncer subglótico começa na laringe, abaixo das cordas vocais.

Tratamento do Câncer na Garganta

Infelizmente o diagnostico costuma ser tardio, numa fase onde já surgiu caroços no pescoço, denominado linfonodos (gânglios), comprometidos pela doença, o que obriga o paciente a submeter a cirurgias muito mais extensas e por muitas vezes, bastante mutiladoras.

O câncer de garganta esta fortemente associado ao cigarro. Porém, há outros fatores de riscos, como o alcoolismo, e a má higiene oral. O HPV (papiloma vírus humano), também é um fator de risco, assim como uma dieta deficiente em frutas e legumes e exposição ao amianto, uma fibra natural que é usado em indústrias de manufaturas.

Sinais e sintomas de câncer de garganta podem incluir tosse, mudança na voz, como rouquidão, dificuldade em engolir, dor de ouvido, caroço ou ferida que não cicatriza dor de garganta e perda de peso. Um médico deve ser consultado quaisquer sinais ou sintomas persistentes

O tratamento indicado pode ser por meio de sessões de radioterapia, quimioterapia, medicamentoso e cirúrgico. A cirurgia será indicada dependendo da localização do tumor e de seu estágio de evolução.

Câncer na Garganta 150x150 Câncer na Garganta